Quer se livrar do cloro na piscina? Conheça o tratamento de água com ozônio

As piscinas costumar ser sonho de consumo nas residências, clubes e condomínios. Mas o que poucos se atentam é que o momento de lazer pode causar sérios problemas à saúde em virtude do uso indevido de cloro ou sensibilidade ao mesmo. Assim surge a dúvida de como tratar a água da piscina sem esse produto químico que é tão popular. Para evitar problemas e preservar a qualidade de vida do usuário, surgem soluções como o tratamento de água com ozônio . Um dos métodos mais eficientes e ecologicamente corretos, o ozônio é um potente bactericida, algicida, fungicida e viricida, capaz de eliminar os micro-organismos presentes na água 3.120 vezes mais rápido que o cloro e sem causar irritações na pele, os olhos e mucosas dos usuários.

Foto: DINO

Acreditar que a água da piscina precisa apenas estar límpida e transparente para ser saudável é um dos erros básicos dos proprietários. Por mais que a sujeira possa indicar problemas na água, esta pode estar contaminada mesmo seguindo os padrões visuais. Bactérias, vírus, fungos, protozoários e micro-organismos podem estar presentes na água que aparentemente está limpa, além da contaminação trazida pelos próprios usuários através da transpiração, urina, secreções corporais e cosméticos. Presentes na água, estes contaminantes proliferam e causam problemas de saúde.

Para fazer o tratamento de água, normalmente são utilizados produtos como cloro, que tem sua eficiência amplamente divulgada. Porém este, além de não ser capaz de eliminar alguns tipos de micro-organismos e impurezas, pode causar problemas à saúde dos frequentadores da piscina ao provocar reações alérgicas e até mesmo intoxicação em pessoas mais sensíveis a sua composição química. Impasses como cabelos ressecados, ardência nos olhos e alergias na pele são amplamente conhecidos, mas o que poucos sabem é que o uso de determinados tipos de compostos clorados em piscinas pode gerar subprodutos cancerígenos.

Com o objetivo de evitar tais problemas, uma tecnologia recente e promissora para o cuidado de piscinas é o tratamento de água com ozônio. O ozônio é um gás azulado gerado a partir do gás oxigênio que ao ser utilizado na desinfecção da água tem papel de agente microbiológico e oxidante. O ozônio é o germicida natural mais potente que existe, apto a matar fungos, bactérias, leveduras, protozoários e até vírus.

O sistema de tratamento de água com ozônio é bem simples e pode ser adaptado para instalações já existentes. O processo de desinfecção da água deve seguir algumas etapas para ser eficaz: primeiro é preciso ligar a piscina a bomba de recirculação, assim esta é ligada ao filtro de areia, que deve ser conectado a um registro controlador de sucção e ao gerador de ozônio. Com todos elementos conectados, o gerador de ozônio manda a água de volta para piscina, esta já com ozônio, dando início ao processo de limpeza da água com ozônio. O tratamento de água com ozônio é o método mais utilizado nos Estados Unidos e em alguns países da Europa por sua eficiência e ausência de danos colaterais à saúde.

São incontáveis os benefícios de tratar piscinas com gás ozônio, invista neste sistema, tenha uma piscina mais saudável e aumente a qualidade de vida dos usuários. Procure um fornecedor de confiança de sistemas tratamento de água com ozônio, como a Lanomar Piscinas e usufrua de todos esses benefícios.

Via: terra